25/05/2024
Início » Biden envia US$ 800 mi em equipamentos militares para a Ucrânia

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, anunciou nesta quarta-feira, 16, o envio de US$ 800 milhões em equipamentos militares para a Ucrânia, incluindo drones e sistemas antiaéreos.

“A pedido do presidente Volodymyr Zelensky, estamos ajudando a Ucrânia a adquirir sistemas de defesa antiaérea de longo alcance, para que seus soldados possam continuar a deter os aviões e helicópteros que estão atacando a população”, disse o democrata, em pronunciamento. Washington também enviará 9 mil sistemas antiblindagem e 7 mil armas menores, como metralhadoras, espingardas e lançadores de granadas.

Joe Biden chamou Vladimir Putin de “criminoso de guerra” pela invasão à Ucrânia. “Eu acho que ele é um criminoso de guerra”, disse Biden a repórteres após um evento na Casa Branca.

Em discurso transmitido por videoconferência ao Congresso dos EUA, Zelensky comparou os ataques contra seu país aos atentados de 11 de setembro. E, novamente, pediu apoio militar às potências ocidentais. “Vocês têm capacidade de entender os ucranianos, precisamos dos senhores”, afirmou, diante dos parlamentares. “Lembrem-se de Pearl Harbor, de 11 de setembro — um dia terrível, quando o mal tentou tomar Nova Iorque e pessoas inocentes foram atacadas. Cidades ucranianas estão passando por isso agora.”

Zelensky agradeceu a contribuição dos EUA, mas disse que o país pode “fazer mais para interromper a máquina de guerra da Rússia”. Ele também reiterou que a Ucrânia precisa de uma zona de exclusão aérea — o pedido, no entanto, não foi aceito pela Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan).

Créditos: Revista Oeste.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *