27/02/2024
Início » Confederação Nacional da Indústria prevê cenário negativo no ano, mesmo com corte de juros

Presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Robson Braga Andrade informou, em nota distribuída pela entidade, que as altas taxas de juros praticadas no país, ainda que sofram cortes, devem continuar atrapalhando o avanço da indústria no ano.

De acordo com Andrade, a Selic deve ser mantida em patamar elevado, com efeitos negativos sobre o crédito, os investimentos, o consumo e o comércio.

— As taxas de juros elevadas vão continuar inibindo a atividade econômica e, por consequência, industrial, ao longo do ano — relatou o chefe da entidade.

As expectativas para 2023 não são boas e o país deve fechar o ano no vermelho.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *