27/02/2024
Início » “Nova rodoviária de Manaus trará mais conforto para população”, diz deputado estadual Delegado Péricles

A transferência da atual rodoviária de Manaus para o Terminal de Integração 6, o T6, na zona Norte da cidade, tem gerado debates entre usuários do transporte intermunicipal e Interestadual. A favor da mudança por entender que o novo espaço irá trazer benefícios para a população, o deputado estadual Delegado Péricles (PL) se pronunciou a respeito do tema, destacando, entre outras questões, que a atual rodoviária não proporciona conforto aos usuários.

Na última terça-feira (4), a juíza da 3° Vara da Fazenda Pública de Manaus, Etelvina Lobo Braga, não encontrou ilegalidades e reconheceu o processo licitatório da Prefeitura de Manaus, para adequação e adaptação do T6. A ação contra a instalação do novo espaço foi movida pela Defensoria Pública do Amazonas (DPE-AM).

“Temos um novo projeto para transferir o terminal rodoviário para o T6, onde terá mais espaço para o trânsito dos ônibus e mais próximo de um grande anel viário da cidade. Enfim, uma mudança que vai proporcionar mais conforto para quem precisa viajar. Entretanto, para a Defensoria Pública essa mudança não deve ocorrer e tenta a todo custo com acionar a Justiça, interromper esse projeto”, disse o parlamentar, por meio de suas redes sociais.

O deputado Delegado Péricles ressaltou, ainda, que a atual rodoviária foi inaugurada em 1980 e, de lá para cá, a estrutura é a mesma, com um prédio deteriorado. “Já são 43 anos com a mesma estrutura. E Manaus mudou. Hoje, o número de habitantes é bem maior e o fluxo aqui nessa região, onde é a atual rodoviária, é intenso de carros. Hoje temos um prédio deteriorado, com muito lixo na área e que atrapalha o fluxo do trânsito”, pontuou o deputado.

Nova estrutura

Segundo a Prefeitura de Manaus, o novo espaço, que fica situado no bairro Lago Azul, irá oferecer uma série de serviços essenciais para a população, tendo uma estrutura de cobertura que irá proteger as áreas essenciais do local, ampla área de embarque e desembarque, serviços públicos, restaurantes, praça de alimentação, guichês para venda e compra de passagens, estacionamento, lojas, correios, área administrativa, Juizado de Menores, depósito, dentre outros serviços.

Ainda de acordo com a Prefeitura, a proposta da nova rodoviária prevê 7.780 metros quadrados de área construída, no terreno de 25 mil metros quadrados, com integração de ônibus urbano e rodoviário.

Atualmente a rodoviária de Manaus está localizada no bairro Flores, na zona Centro-Sul, em um dos principais corredores viários da cidade, que faz ligação com as zonas Norte e Sul e constantemente o fluxo de ônibus influencia no tráfego, causando transtorno a fluidez em ambos os sentidos. Com 1,4 mil metros quadrados de área construída, desde 1980, e pouco espaço para possível ampliação, assim o local precisa de uma reestruturação para atender todas as demandas para quem realiza as viagens interestaduais e internacionais.

Foto: Sandro Pereira

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *