16/04/2024
Início » Omar defende Menezes e afirma que o rival não foi tratado com respeito no Partido Liberal

Manaus (AM) – O senador Omar Aziz (PSD) afirmou nesta terça-feira (26) que o Coronel Alfredo Menezes foi rejeitado dentro do seu partido. Aziz defendeu Menezes, que já confirmou sua saída do Partido Liberal (PL).

“Nós fomos adversário político nas eleições de 2022, mas eu não posso concordar com o que fizeram com ele. Ele está de um lado e eu do outro. Ele defende uma causa e eu outra. Mas ele não é meu inimigo, nós somos adversários políticos. Ele foi desprezado dentro do partido. Eu acho que ele poderia ter sido respeitado”,

destaca Omar.

O senador também ressaltou que Menezes teve uma votação expressiva nas últimas eleições de 2022, ao concorrer à vaga no Senado Federal.

“Eu não posso concordar com isso, a gente tem que respeitar, mesmo o adversário. Eu não queria que fizesse isso comigo, porquê quem tenho que concordar que faça assim com os outros. Eu não faço isso no meu partido,”

pontuou.

É importante lembrar que durante a disputa pela vaga no Senado, Omar e Menezes se envolveram em várias discussões. “Eu não tenho inimigos. Tenho adversários políticos”, enfatizou.

Expulsão

Alfredo Menezes, que ocupava o cargo de vice-presidente estadual do PL, foi expulso do partido. No entanto, ele recorreu e a juíza Kathleen dos Santos, da vara do trabalho, suspendeu sua expulsão do Partido Liberal do Amazonas, anulando os efeitos da decisão do diretório do PL de Manaus. “Concedo parcialmente o pedido de tutela de urgência para suspender os efeitos da deliberação da comissão”, escreveu a juíza na época.

O presidente estadual é o deputado federal Capitão Alberto Neto, que, autorizado pela direção nacional do partido, iniciou o processo de exclusão de Menezes. No entanto, nos últimos dias, ele deu indícios de que formaria uma chapa pura, o que não aconteceu.

Na segunda-feira (25), Menezes participou do lançamento da pré-candidatura do deputado estadual Roberto Cidade (UB). Aliás, Menezes está presente em todos os eventos do União Brasil. Na próxima semana, ele deverá anunciar para qual partido irá migrar.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *