27/02/2024
Início » Reforma tributária pode fazer PIB crescer 10% em 15 anos, diz Alckmin

O vice-presidente da República, Geraldo Alckmin (PSB), afirmou nesta terça-feira (28) que o atual modelo tributário do Brasil é “muito caótico”.

Ele, que também é ministro do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços, saiu em defesa de uma reforma tributária, que, de acordo com suas análises, poderia trazer um crescimento de 10% em 15 anos no Produto Interno Bruto (PIB).

“Essa é uma reforma que traz eficiência econômica, o modelo nosso é injusto. Tem município que a renda per capita é de quase R$ 9 mil por pessoa, e tem município que é R$ 30. Não é possível continuar com um modelo desse. E o caminho é o diálogo. Nós queremos que os municípios arrecadem mais e arrecadem melhor, e que a economia cresça”, disse.

A fala foi proferida na capital federal, durante um discurso na 24ª Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios, um evento promovido Confederação Nacional de Municípios (CNM).

Na ocasião, Alckmin acrescentou que o atual sistema tributário precisa ser simplificado e ampliado para taxar renda e patrimônio, e não somente o consumo.

O ex-tucano também declarou que a indústria brasileira precisa estar voltada ao comércio exterior, pois é necessário aumento da exportação para o país crescer a grandes níveis.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *