16/07/2024
Início » Empresa de pesquisa que aponta Cidade em terceiro tem contrato milionário na Aleam

Uma empresa de marketing que publicou pesquisa apontando crescimento exponencial de Roberto Cidade, ultrapassando Alberto Neto no terceiro lugar na corrida à prefeitura de Manaus, tem contrato milionário com a Assembleia Legislativa do Amazonas. As informações são de Fábio Melo, do site Fatos Marcantes.

Segundo o TRE, a empresa Action Marketing e Pesquisas foi contratada para realizar uma pesquisa de intenção de votos em Manaus. Foram ouvidas 1.250 pessoas, e o pagamento pela pesquisa foi de 42 mil reais. Ela foi registrada sob o número AM-05195/2024.

Em relação ao primeiro e segundo colocados, não houve mudança de posições: David Almeida continua em primeiro e Amon Mandel em segundo. Mas, em relação ao terceiro e quarto lugares, a pesquisa registrou o pré-candidato Roberto Cidade à frente de Alberto Neto na pesquisa estimulada, com 12,9% das intenções de voto para Cidade contra 10,4% para Alberto. Um crescimento exponencial. Até então, em 99% das pesquisas, Cidade não passava do quarto lugar. A exemplo da pesquisa do instituto AtlasIntel, produzida em parceria com a CNN em abril, que trouxe Alberto com 17,8 % e Cidade com 15%, e a pesquisa realizado pelo Instituto Quaest em maio, que deu Alberto com 15% e Cidade com 8%.

O novo cenário colocaria Cidade como cabeça de chapa em uma suposta aliança do União Brasil com o PL. Tudo estaria certo, se não fosse por um motivo: o portal teve acesso exclusivo a documentos que mostram que a empresa Action Marketing tem um contrato de R$ 250 mil por mês com a Assembleia Legislativa do Amazonas. Do ponto de vista ético, isso levanta dúvidas sobre a seriedade do trabalho, como explica o advogado e professor universitário Eduardo Bessa.

“É no mínimo imoral você ter uma pesquisa feita por uma empresa ligada ao chefe do poder que está concorrendo como é o caso do presidente da Aleam, Roberto Cidade. Do ponto de vista da ética e da moralidade é algo que o Ministério Público precisa acompanhar”, disse Eduardo Bessa.

A homologação da licitação foi publicada no Diário Oficial da Assembleia Legislativa do Amazonas em dezembro do ano passado. Considerando os últimos seis meses, a previsão é de que a empresa recebeu cerca de um milhão e meio de reais.

A assessoria de imprensa da Assembleia informou, por meio de nota, que o contrato da Assembleia Legislativa do Amazonas com a empresa A. F. Soares Marketing e Pesquisas de Mercado Ltda. tem como objeto a coleta de dados e pesquisa para a implantação do Observatório da Mulher contra a Violência no estado do Amazonas, por solicitação da Procuradoria Especial da Mulher, e que servirá como ferramenta de subsídio para o trabalho realizado no apoio a mulheres vítimas de violência em nosso estado. A Assembleia Legislativa do Amazonas não contrata pesquisas eleitorais. A pesquisa em questão foi contratada pelo grupo Diário do Amazonas.

Também tentamos contato com a empresa de marketing mas ainda não obtivemos resposta. Seguimos com o espaço aberto para manifestação.

Veja o Contrato e o Diário Oficial da ALEAM.

Informações do Fatos Marcantes.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *