16/07/2024
Início » Capitão Alberto Neto cobra fiscalização rigorosa no financiamento de R$ 3 bilhões pelo BID, para meta de 90% de esgoto tratado em Manaus

BRASÍLIA – O deputado federal Capitão Alberto Neto (PL/AM) encaminhou ao Ministério da Integração e do Desenvolvimento Regional, Indicação n.635/24 para fiscalização rigorosa no uso do financiamento de R$ 3 bilhões pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), para alcançar a meta de 90% de esgoto tratado em Manaus.

“Este projeto, é crucial para a saúde pública e o desenvolvimento econômico, por isso precisamos garantir que os recursos sejam usados de maneira eficiente e que os resultados prometidos sejam alcançados”, afirmou.

O parlamentar destacou que a conclusão das obras de saneamento básico não pode ser subestimada, pois a falta do serviço adequado afeta diretamente a saúde da população, aumenta a incidência de doenças transmissíveis e compromete a qualidade de vida dos cidadãos.

“Investir em saneamento é investir em prevenção de doenças, qualidade de vida e dignidade humana. É essencial reconhecer a responsabilidade do Estado e, neste caso, da prefeitura de Manaus, em garantir condições básicas para a população, e promover a eficiência e sustentabilidade dos serviços públicos”, disse.

Sobre a parceria com o BID, o documento esclarece que pode ser uma solução viável para alcançar esses objetivos, pois traz recursos e expertise necessários para a implementação de projetos de grande escala, ao mesmo tempo em que exige uma gestão responsável e eficiente.

No caso de Manaus, a implementação do projeto, exige uma governança firme e transparente, por isso a cobrança por uma fiscalização rigorosa para garantir que os recursos sejam usados de maneira eficiente, com responsabilidade fiscal e administrativa de modo que os resultados prometidos sejam alcançados.

“O financiamento do BID para o saneamento básico em Manaus representa uma oportunidade única para transformar nossa cidade, melhorar a qualidade de vida das pessoas e impulsionar o desenvolvimento econômico. É necessário abraçar essa iniciativa com seriedade e comprometimento, garantindo que os recursos sejam bem geridos e que os benefícios esperados se concretizem para todos”, explicou Capitão Alberto Neto.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *