16/07/2024
Início » Em Manaus Capitão Alberto Neto preside seminário com motoristas de aplicativo

Nessa quinta-feira (04) o deputado federal Capitão Alberto Neto (PL/AM) presidiu em Manaus, um seminário direcionado aos motoristas de aplicativos, para um debate sobre o contexto político e legislativo dos trabalhadores por plataforma e os impactos do Projeto de Lei Complementar nº 12, de 2024, que busca regulamentar o trabalho desses motoristas e estabelece novas regras para a categoria.

No encontro, aprovado por meio do Requerimento n. 49/24 da Comissão de Trabalho da Câmara Federal, que foi realizado em cooperação com a Câmara Municipal de Manaus e apoio do vereador Capitão Carpê (PL/AM), foram discutidas as principais propostas do PLP que podem gerar impactos negativos na economia, na sociedade e principalmente na vida dos motoristas.

“Estou aqui para ouvir os motoristas e representa-los. Vim escutar quem está na ponta e realmente passa pela necessidade no dia a dia, para ouvir a categoria e fazer a defesa deles no Congresso Nacional”, disse.

O seminário foi aberto ao público e teve a participação do vereador de São Paulo e representante dos motoristas de aplicativo no Brasil, Marlon Luz, do presidente interino da Federação dos Motoristas por Aplicativos do Brasil, Evandro Roque, e representantes da Urbano Norte e Lideranças de motoristas de aplicativos em Manaus.

De acordo com o vereador do SP, Mauro Luz, o texto do PLP ainda precisa de melhorias e a categoria deve se unir para isso. “O projeto tem que ser justo com o motorista, eles precisam que seja melhorada a remuneração. A categoria deve lutar pela profissionalização e vocês aqui presentes são essas pessoas. Parabéns pela luta dos motoristas e continuem buscando a remuneração justa e a representatividade”, declarou.

“Essa é uma oportunidade de vocês discutirem em Manaus o que é melhor para todos os motoristas, pois do jeito que esta o projeto hoje, não traz benefícios, não garante os ganhos e não existe melhorias nele para a categoria”, destacou Evandro Roque, da Federação dos Motoristas por Aplicativos do Brasil.

Para Edson Gonçalves, da ADM Drivers Manaus é importante lembrar a autonomia da profissão e a questão da segurança visto que os motoristas correm riscos todos os dias. “Eu já fui muito atrás de motorista sequestrado, por isso essa reunião é muito séria e o debate é muito importante. O que essa mesa puder fazer para nos ajudar e para melhorara categoria vamos agradecer”.

O anfitrião, vereador Capitão Carpê, enfatizou a importância da pauta e informou que está tramitando na CMM uma audiência pública para essa discussão mais complexa, pois existe muita desinformação e através desses debates será possível chegar a um denominador comum.

“Esse seminário, foi o momento de trazer para Manaus a discussão. Peço a vocês motoristas que participem pois se a gente não demonstrar força, se não mostrarmos como isso é importante para categoria vamos ser tratados com descaso. Não podemos deixar de reconhecer o trabalho do deputado Alberto Neto, que está aqui discutindo e ouvindo a dor de cada um de vocês”, disse.

Ao final o deputado Capitão Alberto Neto agradeceu a contribuição dos participantes com as diversas perspectivas apresentadas da realidade dos motoristas de Manaus e reafirmou o compromisso com a classe.

“O projeto inicial era muito ruim prejudicava o motorista e o cliente. Nós temos que criar uma regulamentação que melhore o ambiente de negócio para o motorista de aplicativo com segurança jurídica para o trabalho deles. Com certeza com as informações obtidas aqui, vamos conseguir fazer a defesa dos motoristas de aplicativo no Congresso”, afirmou.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *