25/05/2024
Início » Ainda detidos, Valdemar, Martins, Câmara e Oliveira passarão por audiência de custódia

O presidente do Partido Liberal (PL), Valdemar Costa Neto, passará por uma audiência de custódia na manhã desta sexta-feira (9), marcada para as 15h, por meio de videoconferência. Sua detenção ocorreu nesta quinta-feira (8) durante a operação Tempus Veritatis, conduzida pela Polícia Federal (PF), que investiga uma possível tentativa de golpe de Estado.

Valdemar, desde então, permanece na Superintendência da PF, em Brasília, e será submetido à audiência no prédio. A PF também apreendeu uma pepita de ouro na posse do presidente do PL, conforme afirmou o advogado do ex-presidente Jair Bolsonaro, Fábio Wajngarten.

A origem legal da pepita de ouro apreendida está sendo investigada pela PF. Se for confirmado que ela é proveniente de garimpo ilegal, o cacique pode perder o direito à fiança.

Outros alvos detidos na mesma operação serão submetidos à audiência de custódia: Felipe Garcia Martins às 14h, na Superintendência da PF no Paraná; Marcelo Costa Câmara às 14h20, no Batalhão da Guarda Presidencial, em Brasília; Rafael Martins de Oliveira às 14h40, no Comando da Artilharia Divisionária da Divisão do Exército, em Goiás.

Valdemar, que lidera o maior partido de oposição ao governo, detém a maior bancada na Câmara dos Deputados, com 95 representantes, e a segunda maior no Senado, com 12 senadores. Em nota, o vice-presidente do PL, deputado federal Capitão Augusto, expressou “apoio incondicional e confiança irrestrita” em Valdemar, afirmando que o partido acredita na elucidação dos eventos que resultaram na prisão do presidente.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *