24/06/2024
Início » Justiça condena Rede Globo por divulgar ‘fake news’

A 3ª Vara Cível de Santo Amaro decidiu que a Rede Globo terá que pagar R$ 15 mil em indenização a um comerciante que foi vítima de uma notícia falsa veiculada no programa Bom Dia São Paulo, em março de 2016.

O juiz Cláudio Salvetti D’Angelo determinou a condenação da emissora após a veiculação de uma reportagem que afirmava que o comerciante teria atirado em um motorista durante um racha em frente a sua loja de pneus. A matéria divulgada pelo programa da Globo afirmava que o motorista teria sido atingido no pescoço e hospitalizado.

O comerciante, no entanto, provou à Justiça que não estava na loja quando o incidente ocorreu, já que estava jogando futebol com amigos. Ele entrou com um processo contra a emissora, afirmando que a notícia falsa prejudicou sua imagem e seu negócio, afastando clientes e gerando prejuízo financeiro.

A Rede Globo tentou se defender, argumentando que não identificou o comerciante nem a loja, e que a informação sobre a autoria do tiro havia sido passada pelos pais do motorista. A empresa também alegou que atualizou posteriormente a reportagem, registrando que o motorista disse à polícia que o responsável pelo tiro era “um homem de bicicleta”.

A emissora, no entanto, foi condenada e não pode mais recorrer, já que o processo transitou em julgado. A defesa do comerciante externou à Justiça que o repórter não apurou a verdade dos fatos antes de fazer a denúncia.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *