28/05/2024
Início » Empregos formais no Brasil caem 26,3% no 1º semestre; é o pior saldo desde 2020

O Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) registrou a criação de 1.023.540 empregos formais no 1º semestre deste ano. É o pior desempenho para o período desde 2020, início da série histórica e o 1º ano da pandemia de covid-19

O saldo caiu 26,3% em comparação com o mesmo período de 2022.

Em relatório, o Caged registrou a criação de 157.198 com carteira de trabalho em junho.

Segundo o Ministério do Trabalho e Emprego, foram 1.914.130 contratações contra 1.756.932 demissões. O número de empregos formais criados em junho foi 44,8% inferior ao registrado em junho de 2022, quando foi de 285.009.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *